Gabinete de Ação Social Escolar (GASE)

O Gabinete de Ação Social Escolar (GASE) tem como objetivo principal apoiar os alunos carenciados que pretendam vir a beneficiar de condições preferenciais na frequência dos cursos, nomeadamente na isenção ou redução de propinas, preços especiais na aquisição de material de estudo e em atividades promovidas pela escola. Também presta apoio nas candidaturas a Bolsas de Estudo no âmbito da Ação Social do Ensino Superior (DGES).

Bolsas DGES

Quem pode requerer?

Os estudantes inscritos em cursos conferentes de grau académico (Licenciaturas e Mestrados) ou em cursos técnicos superiores profissionais (TeSP),podem requerer a atribuição de bolsas de estudo desde que não possuam grau académico igual ou superior.

São, ainda, abrangidos pelo Regulamento os titulares do grau de licenciado ou de mestre para apoio à realização de estágio profissional (ex. os estagiários inscritos na Câmara dos Solicitadores).

 

Prazos de submissão

A bolsa de estudo é atribuída e renovável anualmente. O requerimento de atribuição de bolsa de estudo para o ano letivo deve ser submetido entre o dia 25 de junho e o dia 30 de setembro.

O estudante dispõe sempre de um prazo de 20 dias úteis após a inscrição para submeter o requerimento, mesmo que este prazo ultrapasse o dia 30 de setembro.

Nos 20 dias úteis subsequentes à emissão de comprovativo de início de estágio por parte da entidade promotora no caso de licenciados ou mestres que estejam a realizar estágio profissional.

Pode ainda ser submetido até 31 de maio, sendo, neste caso, o valor de bolsa a atribuir proporcional ao valor calculado nos termos do regulamento, considerando o período que medeia entre o mês seguinte ao da submissão do requerimento e o fim do período letivo ou do estágio.

Despacho 8584-2017 29 de setembro

Despacho n 7031-B20153 alteracao

 

Bolsa de Mérito DGES

De acordo com o disposto no Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito a Estudantes a Estudantes de Instituições de Ensino Superior, aprovado pelo Despacho n.º 13531/2009 (2.ª série), de 9 de junho, alterado pelo Despacho n.º 7761/2017 (2.ª série), de 4 de setembro, foi atribuída à Escola uma Bolsa de Mérito pela Direção Geral do Ensino Superior.
A Bolsa referente a 2015/2016, foi atribuída à aluna de Licenciatura em Gestão Financeira Fiscal, Juliana Teixeira Ladeiras que obteve nesse ano média de 17 valores.

A Bolsa referente a 2016/2017, foi atribuída à aluna de Mestrado em Gestão e Negócios, Ana Filipa Gonçalves Rocha Costa que obteve nesse ano média de 17 valores.

Critérios de Seleção

Bolsa de Mérito 2015/16

Bolsa de Mérito 2016/17

Bolsas Atlântico Business School

Bolsa de Mérito – Para alunos que concluíram o ensino secundário com média final não inferior a 14 valores, que se matriculem num dos cursos do 1º ano do 1º ciclo de estudos.

A Direção da Atlântico Business School dá a conhecer os alunos que usufruirão de Bolsa de Mérito para a Licenciatura:

    • Vítor Hugo Nogueira Neto
    • Edgar Abreu Soares
    • Adrien Luís Benjamin Mota
    • Cláudia Sofia Barbosa Da Silva
    • Hugo Miguel Rocha Santos

Bolsa Alunos Distintos – Para alunos que se inscrevam num determinado ano letivo e que, no ano letivo imediatamente anterior, tenham obtido a classificação mínima de 14 valores estando inscritos a todas as disciplinas desse ano letivo.

PROGRAMA E=MC2 (Estudar para Multiplicar Créditos e Competências) – Com este programa, a ABS pretende premiá-lo por ter acreditado na Escola e “devolve-lhe” 30% do valor que despendeu na ABS, transformando-o num crédito imediato que pode ser usado para frequentar outros cursos.

Valorizar para Competir – Programa que pretende apoiar alunos desempregados que, não tendo possibilidades financeiras, queiram aproveitar a disponibilidade de tempo para valorizar competências de forma a obterem um novo emprego ou a criarem a sua própria empresa. O Programa abrange também jovens, cujos pais não tenham condições para suportar os encargos de uma Licenciatura. O Programa permite aos candidatos frequentarem qualquer curso, sem quaisquer custos iniciais, pagando as propinas apenas depois de terem arranjado emprego ou terem criado a sua própria empresa. O futuro pagamento das propinas será faseado, dividido em mensalidades, adequadas aos rendimentos do aluno. Este programa conta com o apoio da Câmara Municipal de Gaia I INOVAGAIA e diversas entidades empresariais.

Linha de Apoio ao Empreendedorismo – O Apoio ao Empreendedorismo foi sempre uma das apostas desta escola, gerindo, atualmente, dois ninhos de empresas no Porto.

Bolsa NomadMania – Mais do que um portal de viagens, é um portal onde constam as “classificações” das pessoas mais viajadas do mundo. Paralelamente, este portal ajuda todos aqueles que viajam saber que locais visitar, sites da ONU existentes, experiências que não se deve perder…

O Fundador do NomadMania é Harry Mitsidis que, após visitar São Tomé e Príncipe, decidiu ajudar os jovens deste país com Bolsas para Estudo.

Harry Mitsidis é um dos maiores viajantes do mundo, tendo visitado todos os países independentes no mundo com a idade de 36 anos em 2008. De origem grega e britânica, Harry. Mitsidis fala 4 línguas fluentemente e outras 9 a nível de comunicação, incluindo o português.

  • No ano 2018/19, Harry Mitsidis ofereceu 2 bolsas de 5.000€ para 2 alunos frequentarem o curso de Licenciatura.
    • Cileide Guadalupe Apresentação Silveira
    • Alexandrina Cabral Rodrigues
  • No ano 2019/20, ofereceu 3 bolsas de 5.000€