Missão e Objetivos

Constitui missão fundamental da Atlântico Business School o seu posicionamento como agente dinamizador do conhecimento científico no âmbito das Ciências Empresariais, de acordo com as orientações estratégicas traçadas pela entidade instituidora.

Nestes termos, a Atlântico Business School prossegue, entre outros, os seguintes objetivos específicos:

  • A formação humana, cultural, científica e técnica, em geral, e, em especial, a formação científica e técnica de gestores e quadros superiores das e para as empresas e outras organizações, através de ciclos de estudo de graduação, especialização e pós-graduação, de acordo com as necessidades reais e específicas do País;
  • A elaboração de diagnósticos para empresas e consequente elaboração e execução de planos de formação adequados;
  • A adoção de programas inovadores de ensino e de estruturas curriculares adequadas às necessidades de desenvolvimento do País;
  • A realização de investigação orientada, a publicação de trabalhos e a divulgação dos conhecimentos e da inovação científica nas áreas que constituem o objeto da sua atividade;
  • A prestação de serviços à comunidade;
  • A transferência de conhecimento para a sociedade em que se insere e com a qual colabora, em especial para o setor empresarial;
  • A promoção e concretização do intercâmbio cultural, científico e técnico com instituições congéneres, nacionais e estrangeiras;
  • A cooperação internacional, designadamente no espaço europeu e dos países de língua oficial portuguesa.

Na prossecução dos objetivos enunciados, a Atlântico Business School adota as práticas necessárias ao constante aperfeiçoamento das suas realizações, nos domínios da investigação, ensino e formação, tendo em vista a consolidação da sua atividade de estabelecimento de Ensino Superior Politécnico não integrado em ligação direta e dinâmica com as empresas e demais organizações.

No seu funcionamento, a Atlântico Business School adota uma atitude pautada pela procura de elevados índices de qualidade, tanto no tocante à seleção dos estudantes e dos docentes, e à efetividade da docência, como no respeitante às manifestações exteriores da sua função, designadamente colóquios e conferências, cooperação institucional com outras entidades nacionais ou estrangeiras e relacionamento com a comunidade empresarial.