Projeto Educativo, Científico e Cultural

O Projeto Educativo Científico e Cultural da Escola Superior de Negócios Atlântico (ATLÂNTICO BUSINESS SCHOOL) baseia-se na FILOSOFIA BUSINESS SCHOOL, na linha das melhores tradições anglo saxónicas, com dois caracteres distintivos: 

  • Business School: a estrutura curricular, os objetivos de aprendizagem, as metodologias de ensino e avaliação, caracterizam-se por serem essencialmente práticos, vocacionais e técnicos, orientados profissionalmente e focalizados na realidade, no “saber fazer”, na inovação e resolução de problemas concretos; existe, naturalmente, um suporte teórico, mas o objetivo final do processo é essencialmente aplicado, com vista ao exercício de atividades de gestão e à aplicação desses conhecimentos às atividades do respetivo perfil profissional, e, nos seus estágios mais avançados, à obtenção de uma especialização de natureza profissional; 
  • PME: apesar das técnicas da gestão serem genéricas, podendo ser aplicadas tanto a multinacionais como a microempresas, procura-se preparar os jovens para se inserirem na Comunidade e no ambiente empresarial que os rodeia, constituído essencialmente por PME. 

 

A qualidade distintiva do Ensino e da Investigação na ABS está patente no funcionamento real da Escola, na efetiva reputação dos seus Cursos, mas também: 

  • nos meios, recursos e formatos ao dispor de Professores, Investigadores e Estudantes;
  • na capacidade de acolhimento da comunidade académica, em instalações atraentes e com significado, que proporcionem o conforto e a adaptação às necessidades mais prementes que os mais avançados métodos de ensino exigem; 
  • na oferta de meios tecnológicos e científicos modernos e eficazes; 
  • no prestígio, saber e disponibilidade dos Professores, Orientadores e Investigadores; 
  • na ligação permanente e manifesta entre Docentes e Estudantes, permitindo a troca sã de pontos de vista e uma auscultação permanente da recetividade de medidas e decisões; 
  • nas metodologias utilizadas, replicando casos concretos em organizações reais, convidando o Aluno à inovação e a um trabalho constante de análise crítica e de aplicação na realidade dos conceitos apreendidos e das técnicas desenvolvidas, de acordo com a sua vocação e interesse; 
  • na permanente presença de uma forte componente de Estágio ou de Projetos de Investigação concretos nos curricula académicos, reforçando a componente aplicada da aprendizagem; 
  • na ligação efetiva às Empresas, patente na celebração de protocolos de cooperação com as Empresas mais representativas da Região e do País, em todos os domínios da atividade; 
  • na Investigação Aplicada (IA) da ABS, que se destina sempre a proporcionar às Empresas ferramentas e capacidades acrescidas para a competitividade e a inovação, contribuindo assim para a sua sustentabilidade económica, social e ecológica; 
  • na ligação efetiva às Instituições Académicas mais inovadoras do País e do Mundo, mantendo a troca de experiências e a construção de projetos concretos; 
  • na ligação à Comunidade e nas preocupações de índole cultural, em permanente contacto com as forças vivas da região em que se insere, procurando dinamizar e contribuir para a sua evolução saudável; 
  • no contacto com outras realidades e experiências académicas e empresariais do Mundo, em geral, e da diáspora portuguesa, em especial. 

 

Pretende-se que os Estudantes da ABS saibam analisar problemas concretos na vida empresarial, sejam competentes para investigar, selecionar, tratar e analisar de forma crítica a informação relevante, estejam habilitados para fundamentar as suas decisões e pareceres publicamente, e mantenham uma constante vontade e disponibilidade para continuar a aprendizagem ao longo da sua vida. Os Estudantes deverão também desenvolver competências de gestão emocional e relacionamento interpessoal, contribuindo decisivamente para a melhoria das dinâmicas de grupo na empresa e para a eficiência da gestão. 

 

Embora os OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM variem de curso para curso, pretende-se de uma forma geral que os Estudantes desenvolvam capacidades para: 

  • Conhecer com detalhe a estruturação da informação numa Organização, promover a eficácia na utilização dessa Informação, tomando decisões e formulando juízos próprios, fundamentados nos conhecimentos obtidos ao longo da sua formação académica e numa análise crítica permanente, mantendo-se permeável, quer à experiência colhida, quer ao conhecimento contínuo dos melhores saberes e práticas em uso. 
  • Pensar estrategicamente sobre um Negócio ou Empresa, incluindo conhecer os formatos de elaboração de Diagnósticos sobre as situações que se lhe deparam, recorrendo às metodologias mais avançadas, construir cenários prospetivos assentes e estruturados, propondo alterações de rumo consistentes. 
  • Atuar com desenvoltura no ambiente empresarial, utilizando os conhecimentos obtidos num processo e inovação constante, mantendo o rigor científico na IA. 
  • Utilizar com proficiência as ferramentas informáticas mais avançadas, disponíveis para o exercício das atividades da Gestão, incluindo instrumentos colaborativos e de produtividade. 
  • Agir no interesse dos seus clientes, dos seus empregadores e dos seus negócios, gerindo empresas e investimentos, no respeito pela Lei, valorizando o trabalho honesto e remunerado com justiça. 
  • Dirigir-se a públicos vastos ou restritos, de especialistas ou não, utilizando linguagem apropriada, fundamentando as suas opiniões ou decisões em sólidos argumentos de carácter técnico, científico e empírico. 
  • Conhecer as implicações económicas e sociais dos fenómenos e acontecimentos nacionais e internacionais, projetando efeitos sobre a sua própria atividade, as atividades dos seus clientes e empregadores, emitindo opiniões e pareceres fundamentados sobre esses acontecimentos e implicações. 
  • Reconhecer que a aprendizagem não se esgota em determinado período formativo, estando consciente que os conhecimentos obtidos durante o seu Curso podem e devem ser atualizados, aprofundados ao longo da sua vida, quer através do prosseguimento de estudos académicos, quer através de formação contínua de carácter profissional e especializada.